PMs podem ter sido mortos pelo filho adolescente em São Paulo

Segundo a PM, os investigadores trabalham com a possibilidade do crime ter sido cometido pelo próprio filho, com indícios de assassinato seguido de suicídio. A arma do crime foi encontrada próxima ao corpo do jovem e a ação pode ter acontecido enquanto as vítimas dormiam. Além disso, o garoto seria canhoto e a marca de tiro está do lado esquerdo de sua cabeça.

De acordo com o coronel Benedito Roberto Meira, ouvido pela rádio CBN , a polícia descarta um ataque em retaliação à corporação por não haver sinais de arrombamento e trocas de tiros.

Tanto a casa quanto a rua foram interditadas para a perícia, que deve ser concluída ainda hoje. O caso é investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa, o DHPP, da Polícia Civil.