ABRAGUARDAS irá participar na qualidade de ouvinte a representação da mesa é do SINDGUARDAS.

Devido a algumas interpretações errôneas da notícia “REUNIÃO DE ENTIDADES COM O PREFEITO”, realizada no dia 13 de novembro de 2013, informamos que:

I – Houve uma suspensão provisória das mesas de negociação, inclusive a da GCM, devido à questão principal que era uma decisão a ação judicial, que impedia o Prefeito de assinar a lei de aumento do IPTU.

II – No dia da reunião esta decisão ainda estava em vigor, e o Prefeito, foi nesta reunião, para informar que não teria condições de continuar com as negociações, devido a uma indefinição da questão do IPTU.

III – O Prefeito disse que não teria uma previsão de quanto esta questão iria se resolver, e qual seria o resultado do recurso judicial da Prefeitura, para liberar a questão.

IV- Ele pediu compreensão das entidades, e por isso foi pessoalmente expor a problemática.

V – A questão do IPTU foi resolvida no dia seguinte a reunião dia 14 de novembro, e as negociações “já voltaram a ocorrer”, inclusive com uma reunião geral do Sistema de Negociação para o dia 22 de novembro.

VI – A ABRAGUARDAS irá participar na qualidade de ouvinte a representação da mesa é do SINDGUARDAS.

VII – O plano de cargos e salários “reestruturação”, ainda está em formatação, e por informação dos técnicos de Sempla, algumas questões ainda serão discutidas, tais como o impacto orçamentário da proposta, e outras que ainda estão sobre estudo.

fonte -  ABRAGUARDAS