Troca de tiros entre Guardas Municipais e ladrões em Paulínia deixou um GM e um ladrão feridos.

Troca de tiros entre Guardas Municipais e ladrões em Paulínia deixou um GM e um ladrão feridos. Ambos foram socorridos ao pronto socorro municipal e não correm risco de morte. A ocorrência começou com uma tentativa de roubo a veículo seguida de sequestro relâmpago. Dois bandidos foram presos, uma arma apreendida e o carro da vítima recuperado.

Segundo informações da vítima, a administradora M.R.C, de 43 anos, ao sair de casa por volta de 07h30, na Rua Dulvina Grandin Ficheli, no bairro Monte Alegre 5, ela foi abordada pelos dois ladrões, um deles armado de revólver, que a obrigaram a passar para o banco do passageiro. Um dos ladrões assumiu a direção do carro, um Celta prata. A administradora chegou a pedir que a deixassem no local e levassem apenas o carro, mas os bandidos insistiram em levá-la.
Aproveitando um momento de baixa velocidade na altura da Av. Antônio Batista Piva, a vítima abriu a porta do carro e pulou, gritando por socorro. Foi socorrida por populares, que acionaram a Guarda Municipal.

Uma testemunha acompanhou o carro roubado e informou a GM qual o destino tomado pelos ladrões. Segundo a GM, viaturas localizaram os dois indivíduos pela Av. JK. Ao perceberem que seriam abordados, os dois bandidos abandonaram o carro e fugiram para o mato, entrando na antiga Fazenda Paraiso. Foi realizado cerco no local e houve o tiroteio.

O segundo bandido se entregou e foi conduzido ao plantão policial, onde o roubo foi registrado. A arma usada pelos ladrões, um revólver calibre 38, com seis capsulas deflagradas, foi encontrada jogada no mato.

Foram presos Antônio Marcos de Oliveira Jr, de 23 anos e Rafael marques de Abreu, de 18, ambos moradores do bairro São Jerônimo, em Sumaré.

Fonte: IG Paulista