GCMs, PMs, policiais civis e agentes penitenciários e de escolta, aprovado, quinta-feira (12), um projeto de lei que exclui do rodízio municipal de veículos

Para começar a valer, texto ainda precisa ser sancionado pelo prefeito
Apenas um veículo por profissional será autorizado

LEIA mais......



Os vereadores de São Paulo aprovaram, nesta quinta-feira (12), um projeto de lei que exclui os PMs, guardas civis metropolitanos, policiais civis e agentes penitenciários e de escolta do rodízio municipal de veículos. A ideia é dos vereadores Coronel Camilo (PSD) e Marco Aurélio Cunha (PSD).

De acordo com o texto, que ainda precisa ser sancionado pelo prefeito Fernando Haddad para entrar em vigor, os profissionais que se encaixarem na exclusão vão precisar ter uma identificação no carro. Apenas um veículo por pessoa será beneficiado. Atualmente, apenas os médicos são isentos de rodízio na cidade.

FONTE - http://noticias.r7.com