Disparos atravessou o colete e atingiu a barriga do GCM, e o outro atravessou a coxa dele. Ele foi SOCORRIDO ao Hospital

Marginais roubaram revólver do guarda que estava de plantão


 Um dos disparos atravessou o colete e atingiu a barriga do guarda, e o outro atravessou a coxa dele. Ele foi encaminhado ao Hospital do Trabalhador, fora de risco, apesar da gravidade dos ferimentos.

Enquanto o colega de Cícero parou para socorrê-lo, os ladrões conseguiram fugir com o veículo. A VIATURA Duster foi atingida pelos tiros, mas nenhum dos bandidos foi atingido

LEIA mais......






Bandidos invadiram o Pronto-Atendimento 24 Horas do bairro Pioneiros, em Fazenda Rio Grande, tomaram a arma de um guarda municipal e balearam outro,em confronto, na manhã desta sexta-feira (10).

Pouco depois das 10h, dois homens entraram no PA, em frente ao Hospital e Maternidade Nossa Senhora Aparecida, na Rua Francisco Claudino dos Santos e renderam o guarda municipal que estava de plantão.
O GCM foi obrigada a deitar no chão e teve o revólver calibre 38 roubado pelos bandidos, que chegaram a engatilhar uma arma direcionada à sua nuca, mas não atiraram.

 Os marginais disseram que esperariam o guarda municipal do lado de fora do pronto-atendimento, para matá-lo. Assim que saíram, o guarda pediu apoio pelo radiocomunicador e uma viatura chegou rapidamente.

Cobertura

Os ladrões se juntaram a mais dois, que aguardavam do lado de fora em uma Duster verde, roubada em 31 de dezembro. A quadrilha trocou tiros com os guardas municipais que chegaram na viatura, e o guarda Cícero Rogério de Lima foi baleado. Um dos disparos atravessou o colete e atingiu a barriga do guarda, e o outro atravessou a coxa dele. Ele foi encaminhado ao Hospital do Trabalhador, fora de risco, apesar da gravidade dos ferimentos.
Enquanto o colega de Cícero parou para socorrê-lo, os ladrões conseguiram fugir com o veículo. A Duster foi atingida pelos tiros, mas nenhum dos bandidos foi atingido.

Atendimento

Os funcionários que testemunharam o roubo e a troca de tiros ficaram em choque e foram liberados. Os pacientes que chegaram nos minutos seguintes foram direcionados para as unidades de saúde mais próximas de suas residências, com apoio de ambulâncias do Samu.


Fonte: http://www.parana-online.com.br