MAIS um POLICIAL da FORÇA TÁTICA morre VITIMA de ATENTADO já é o SEGUNDO - ALERTA MAXIMO

Montagem criada BloggifO corpo do sargento da Polícia Militar Arnaldo Francisco de Brito foi enterrado na tarde desta segunda-feira (23) em Piracicaba (SP). O integrante da Força Tática morreu neste domingo (22) na Santa Casa, onde estava internado após levar 13 tiros em um atentado em frente ao restaurante Habib's no último dia 14.

LEIA mais....





Um cortejo formado por dezenas de carros da PM e dos bombeiros levou o corpo do sargento até o cemitério Parque da Ressurreição, passando pelas avenidas Independência e Luciano Guidotti. Colegas de profissão, amigos e familiares não quiseram comentar a morte, mas a major e comandante da corporação em Piracicaba, Adriana Sgrigneiro, lamentou a perda: "irreparável".

"Durante 23 anos de serviços, o segundo sargento Brito prendeu 136 perigosos criminosos e outros 16 procurados pela Justiça, além de ter apreendido 46 armas de fogo. Constam no seu assentamento individual 138 elogios e láureas de mérito pessoal em quinto, quarto, terceiro, segundo e primeiro graus em razão da sua brilhante atuação em milhares de ocorrências policiais das quais participou", disse Adriana por meio de nota.


Brito morreu aos 44 anos, quando comandava uma equipe da Força Tática de Piracicaba. A identidade do autor dos disparos e a motivação do crime não foram divulgadas pela Polícia Civil, que investiga o caso.
Relembre o caso

O atentado ao sargento ocorreu na noite do último dia 14, por volta das 21h, em frente ao restaurante Habib's da Avenida Independência. O garupa de uma motocicleta desceu do veículo, foi na direção da vítima e efetuou os disparos, conforme informações da Polícia Civil. Brito integrava a Força Tática e estava de folga na data.






Uma comunidade na rede social Facebook identificada como "Página que apoia a Policia Militar de Piracicaba - SP" publicou, no dia 15 de junho, um vídeo do atentado contra o sargento. Na gravação, a vítima aparece caindo enquanto é baleada por um homem, que foge em seguida.

De acordo com o boletim de ocorrência registrado no plantão da Polícia Civil, o PM conversava com uma funcionária do lado de fora do restaurante no momento do crime. Depois dos primeiros disparos, o PM tentou entrar no estabelecimento, mas caiu e foi baleado mais algumas vezes no chão.
Uma viatura da Força Tática foi a primeira a chegar ao local e levou a vítima para a Santa Casa. Policiais também fizeram buscas pelas ruas do bairro na tentativa de localizar o autor dos disparos e o homem que conduzia a motocicleta. Uma testemunha disse que nenhum dos criminosos tirou o capacete, mas que ambos tinham cerca de 1,75 metro e eram de cor parda.
Suspeita de represália

A Polícia Civil investiga se o atentado contra o sargento da Força Tática foi uma vingança de criminosos pela morte de um suspeito que trocou tiros com policiais militares no último dia 12 no bairro Bosques do Lenheiro. A Delegacia de Investigações Gerais (DIG), responsável pelo caso, informou que não dará detalhes sobre o assunto para não atrapalhar a apuração.





FONTE - http://g1.globo.com/sp/piracicaba-regiao/noticia/2014/06/sargento-que-morreu-apos-atentado-prendeu-136-criminosos-em-23-anos.html?fb_action_ids=238795556331593&fb_action_types=og.recommends

HOLERITE - ELETRÔNICO

Montagem criada Bloggif

POSTAGEM