Policiais militares são presos por assalto em Caraguatatuba - Eles usaram as armas da própria PM para praticar o roubo.

Montagem criada BloggifDois policiais militares foram presos na madrugada desta quinta-feira (5) após um assalto a uma casa no bairro Massaguaçú, em Caraguatatuba, no litoral norte de São Paulo. O crime ocorreu por volta das 3h.
Segundo informações da Polícia Militar, no momento do crime, quatro pessoas estavam na casa e foram rendidas pelos policiais. Eles usaram as armas da própria PM para praticar o roubo.

LEIA mais se PUDER....



Após o crime, as vítimas foram na delegacia registrar o crime e passaram as características e o carro utilizado na fuga pelos criminosos.


Com as informações, policiais militares iniciaram as buscas e encontraram os assaltantes, que são policiais recrutas - estão há pouco tempo na corporação. Com eles, foram encontradas cerca de R$ 3 mil, documentos falsos, celulares das vítimas, relógios e 300 pinos de cocaína.


Os dois policiais atuam em Taboão da Serra, na Grande São Paulo e, em depoimento,  afirmaram que vieram prender um traficante - o que é proibido já que eles não estão em sua área de atuação. Eles tem 24 e 27 anos de idade.
Policiais militares são presos durante assalto em Caraguatatuba (Foto: Agda Queiroz/TV Vanguarda)
O delegado responsável pelo caso, Marcelo Magalhães, afirmou que a suspeita é que eles estavam extorquindo um possível traficante. Ele afirmou que os dois serão levados para o presídio militar Romão Gomes, em São Paulo, e vão responder por tráfico, roubo e associação ao tráfico.

Outro lado

Procurada, a PM não informou sobre a atuação dos policiais. "A Polícia Militar esclarece que em 4 de junho, por volta das 5h, no município de Caraguatatuba, foi acionada por meio do COPOM para atender uma ocorrência de roubo a residência. De posse das informações os policiais militares do 21º BPM/I passaram a patrulhar e localizaram o veículo citado na denúncia no qual recuperaram todos os materiais roubados, além de drogas. Os autores do roubo, identificados como policiais, foram presos em flagrante e encaminhados ao presídio da Polícia Militar "Romão Gomes", diz nota da polícia.

FONTE de TEXTO - g1 - GLOBO - IMAGENS - Santana Pmb