2 POLICIAIS assassinados em SERVIÇO foi em uma ABORDAGEM

Montagem criada Bloggif
  Abordado pelos policiais, o ‘menor’ teria entrado em luta corporal, tomado a arma de um policial e atirado contra os dois. Essa versão ainda não é confirmada oficialmente na noite desta segunda-feira (04), no Centro da cidade de Medianeira, no Oeste do Paraná.


LEIA mais.....





Ainda não há informações exatas de como eles foram baleados. Testemunhas contaram que os dois PMs faziam uma abordagem quando foram alvejados pelos tiros, no entanto, a informação ainda é extraoficial.


A Polícia Militar de toda a região está mobilizada e em conjunto com outras forças de segurança realiza buscas aos autores do crime.

Os assassinos estavam em um Honda Fit prata. O veículo foi abandonado em Ramilândia. Uma família teria sido feita refém e os bandidos roubaram um Honda Civic para fugir, em São Miguel do Iguaçu. O Civic foi abandonado posteriormente próximo ao Portão do Ocoy, distrito de Missal.

Os policiais foram identificados Diego Araújo e Jorge Fonseca.


Últimas informações

O Serviço Reservado (P2) do 5º Comando Regional da Polícia Militar desmentiu nesta madrugada (5) alguns boatos que surgiram a respeito de um suposto confronto com policiais no qual um homem, identificado apenas como Alfeu, teria sido morto. E, também, sobre o caso em que uma família teria sido feita refém por bandidos armados e que teriam ligação com o crime que vitimou os policiais.

As informações confirmadas até o momento são que um grupo de suspeitos foi detido e presta esclarecimentos na Delegacia de Polícia Civil de Medianeira.



polícia está empenhada para esclarecer e deter o assassino dos policiais militares de Medianeira, executados durante o serviço na noite de ontem (04). Até o momento ninguém foi preso e investigações apontam que os crimes podem ter sido cometidos por um adolescente, que teria fugido da cadeia.


“Nós estamos avaliando imagens de câmeras de segurança que mostram uma pessoa correndo logo após os crimes. No entanto, a qualidade não é boa, mas pode nos ajudar”, disse por telefone à CGN, o comandante da companhia da PM de Medianeira, capitão Damião dos Santos.

O capitão prefere não dar muitos detalhes das investigações e disse que o carro roubado pelo possível autor dos crimes será periciado.

"Nesse momento o que ós queremos é encontrar o autor, de preferência com vida", disse. 

O adolescente suspeito de ter matado os PMs teria sido apreendido no último domingo e ontem a noite teria fugido da cadeia. Ao ser abordado pelos policiais, o ‘menor’ teria entrado em luta corporal, tomado a arma de um policial e atirado contra os dois. Essa versão ainda não é confirmada oficialmente.  

Os policiais militares assassinados eram jovens: ambos de 29 anos. Conforme o capitão, Diego Gurgel de Araújo estava há dois anos na corporação e Jorge Fonseca era policial militar há oito anos