GCMF baleada em TROCA de TIROS - MARGINAL baleado foge com VIATURA

Montagem criada BloggifA policial da GCM Elaine Tobias, 39 anos, foi atingida nos dois braços pelo suspeito que reagiu à chegada da GCM. Ela teve fratura exposta no braço esquerdo e precisou passar por cirurgia na Santa Casa de Sertãozinho.

LEIA mais....




Um dia tenso mas com “final feliz” – para a Guarda Civil Municipal (GCM) de Sertãozinho.Assaltante foge com viatura da Guarda Civil

Após atingir agente da GCM e ser alvejado na perna, acusado consegue escapar, mas acaba preso
Viatura da Guarda Civil Municipal também foi atingida pela troca de tiros: fuga e prisão no final.

Uma agente foi baleada durante assalto em uma residência no bairro Jardim Liberdade, em Sertãozinho. Pra piorar, o suspeito, mesmo atingido na perna, conseguiu entrar na viatura da GCM e fugir. Porém, acabou preso.

De acordo com as informações da polícia, Elaine Tobias, 39 anos, foi atingida nos dois braços pelo suspeito que reagiu à chegada da GCM. Ela teve fratura exposta no braço esquerdo e precisou passar por cirurgia na Santa Casa de Sertãozinho.

Alexandre Vieira da Conceição, acusado de assaltar a residência, segue internado. Segundo a assessoria de imprensa da Santa Casa, foram constatadas quatro perfurações na coxa esquerda e uma no pé.

O assalto
De acordo com a vítima Rosangela Ignácio da Silva Teixeira, comerciante, ela foi, ontem, até uma agência bancária na Avenida Nossa Senhora Aparecida para fazer um saque. Quando retornou para sua casa, foi surpreendida pelo assaltante.


“Ele [o assaltante] disse depois aos policiais que me seguiu quando saí do banco. O portão ainda estava fechando quando ele entrou em casa. Ele estava armado e falou que queria o que estava na bolsa. Meus dois filhos estavam no carro, fiquei assustada”, relatou.

Gracieli Caroline Teixeira, 18 anos e filha da comerciante, estava com a mãe no momento do assaltou e relatou os momentos de tensão. “Ele falava a todo o momento que era profissional, que sabia que tínhamos dinheiro e que não estava de brincadeira”, disse.

No momento em que o suspeito entrou na residência, dois GCMs que faziam ronda pelo bairro perceberam a ação. “Os dois guardas viram o momento em que o assaltante forçou o portão e entrou. Quando os dois se aproximaram da casa, ele já saiu atirando”, explicou Umberto Coelho, comandante da Guarda.

Na troca de tiros, guarda e assaltante foram atingidos. “A Elaine colocou os braços na frente do rosto e por sorte não aconteceu o pior. O parceiro dela alvejou o suspeito – e ele, mesmo atingido, fugiu na nossa viatura. O carro foi localizado por meio do GPS e o suspeito, preso em outro bairro”, completou o comandante.

Foragido
O acusado possui uma vasta lista de passagens pela polícia e estava foragido. “Ele tem várias passagens e era procurado. A suspeita é que não seja daqui, pois a moto utilizada é de São Paulo”, explicou Umberto.

O dinheiro levado na ação, cerca de R$ 4 mil, não foi localizado. A GCM também não encontrou a arma usada no crime.

jornalacidade.com.br