DUPLA DE PALHAÇOS TENTA MANIPULAR A OPINIÃO PÚBLICA E SE DÁ MAL

Montagem criada Bloggif


É de se desconfiar como apresentadores que se dizem jornalistas tentam ludibriar a cabeça das pessoas com inverdades. Não é de hoje que estes senhores vem com tanta convicção e fervor falar mal das Guardas Municipais a passar ao público a imagem de um órgão insignificante. Pois vamos falar de 2 apresentadores medíocres que apresentam programas policiais.


O programa Brasil Urgente é apresentando pelo birrento e pesado José Luiz Datena, que nunca perde a oportunidade de menosprezar as GM`s. Este mesmo apresentador recentemente levou gancho da emissora por agredir fisicamente o outro apresentador “tosco” Milton Neves. Percebam que o apresentador fanfarrão gosta de criticar mas que não apresenta conduta moral para emitir opiniões.

datena



O outro programa chamado Cidade Alerta, é apresentado pelo enfadonho Marcelo Rezende e seu cachorrinho Percival de Souza. Nos últimos dias, uma guarnição da GCM de São Paulo tentou abordar o vendedor ambulante Edson Guedes, que vendia água irregularmente na Bienal do livro. Na abordagem, o rapaz reagiu tomando a arma de um dos guardas atirando contra os dois, sendo que foi alvejado e morto pelo outro guarda em legítima defesa. Mas qual é o papel do Jornalismo em tal situação? Informar os fatos, e como o programa é policial, tomar como princípio o erro do infrator em reagir e atentar contra a vida dos operadores de segurança pública. Porém a dupla de palhaços tomou o caminho inverso. Resolveram fazer sensacionalismo por se tratar de um ex boxeador enaltecendo o rapaz, lembrando muito quando Gugu Liberato tentou tirar o ex polegar Rafael Ilha da pedra, típico de programa falido. Não bastasse a reportagem tendenciosa dar mais destaque ao ex pugilista e sua família, esquecendo que dois agentes de segurança pública foram feridos e estão em estado grave, o apresentador atrasado criticou as Guardas e informou que há na câmara dos deputados projeto de lei que dá poder de polícia as Guardas Municipais. O pior foi o apresentador dizer que para ter poder de polícia é preciso ter preparo, desconhecendo que a maioria das Guardas no país se formam dentro de batalhões de Policia Militar que ele tanto defende. Hoje podemos ter a noção do porque este apresentador, que mais parece o Tiririca, não permaneceu na Globo. O pior foi seu assistente de palco, o tal Percival, que pelo currículo que tem, jogou-o no lixo ao falar que Guarda só foi criado e serve para cuidar de patrimônio.

marcelo


Talvez eles até saibam que o poder de polícia às Guardas Municipais já foi sancionada no dia 11/08/2014, ( Lei 13.022), mas nós sabemos muito bem do porque estes programas existem. Dois programas que falam de uma única instituição, e quando a outra aparece com grande repercussão, falar bem é que não vão.

Não satisfeitos com a tentativa de manchar a imagem das GM´s, talvez porque Guardas de todo o país entupiram as caixas de e-mail da Record, o portal R7 fez enquete perguntando se Guarda Municipal deveria ter poder de polícia e a resposta do povo foi humilhante para a emissora tendo mais de 95% a favor.


Pois bem, como este site é puro sangue azul, e aqui a opinião e informação não é feita por coronel, a verdade é que a GCM de São Paulo agiu no dever que lhe foi atribuído, e que o desfecho foi em legítima defesa, sendo que o ambulante reagiu e atentou contra a vida dos Guardas.

GUARDA MUNICIPAL QUE SE PREZA ESTUDA, FAZ CURSO E NÃO ASSISTE PROGRAMA SENSACIONALISTA E MENTIROSO!

FONTE - http://sigmetro.org.br/dupla-de-palhacos-tenda-manipular-a-opiniao-publica-e-se-da-mal/