GLOCK nova ARMA dos POLICIAIS dá GCM - SP

Montagem criada Bloggif
PREFEITO - JOÃO DORIÁ - conseguiu parceria com a EMPRESA de ARMAS - GLOCK

A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas em pé e atividades ao ar livre







NO PORTAL DO GOVERNO


DÓRIA,LISTA CONFIRMA DOAÇÃO DE 800 PISTOLAS PARA GCM DA MAIOR CIDADE DO BRASIL.*

QUARTA FEIRA DIA 19 DE ABRIL DE 2017. Por ismael santos.

Com as doações desses armamentos,o atual prefeito de Sp, na prática mostra que veio para fazer! No que diz respeito a segurança pública, diferente dos omissos gestores que sempre atribui essa tarefa como obrigação do estado , Dória já nos seus priemiro 100 dias de governo deu os primeiros sinais de que a segurança pública na sua gestão e um dever de todos e certamente ele cumprirá com o seu dever. Não podemos esquecer que essa questão do uso de armamento da guarda civil de SP, que são arcaicos 38 , É uma referência negativa para os demais municípios.É uma vergonha nacional se fala em modernização e equiparação no poder de fogo do crime. Aliás ,nem ladão de fundo de quital quer usar esse tipo de armamento para cometer os seus delitos.

 *RAPIDEZ E AGILIDADE E COMPROMETIMENTO .*

O governo em poucos dias frente ao comando da cidade mais rica do Brasil, logo percebeu que a maior corporação armada da nação estava na contra mão da realidade e deu um grande passo no que diz respeito à solução desse problema , *aliás, apenas um problema de uma série herdado das omissas gestões anteriores que ele tem para solucionar.*

 *QUANDO UM GESTOR QUER ELE FAZ.* VOLTANDO NO TEMPO: A GESTÃO ANTERIOR DEU PARECER DESFAVORAVEL NO QUE DIZ RESPEITO A TROCA DE ARMANENTO.

 Não podemos esquecer que em 2013, um projeto de lei de autoria do vereador Calvo, teve parecer favoraveis de em todas as comissões da câmara municipal para que novos armamentos fossem comprados para GCM de SP, Contudo, a palavra final foi do EXECUTIVO.

Na ocasião, uma das comissões encaminhou Oficio CMSP 196/2014 de 23/05/2014 SOLICITA INFORMAÇÕES SOBRE PROJETOS com prazo para resposta de 30 dias, enviado para PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO - PMSP.

 *PARECER DESFAVORÁVEL.* A respota que veio do executivo RESPONDIDO OBVIAMENTE POR Por algum representante da corporação levou o projeto ao seu arquivamento haja vista o seguinte parecer desfavoravel : LEGALIDADE do projeto.

Em que pesem os meritórios propósitos de seu nobre autor em propor iniciativa que verse sobre a evolução das atividades realizadas pela Guarda Civil Metropolitana, para que haja adequado enfrentamento às questões decorrentes da falta de segurança no município de São Paulo, há o entendimento desta Comissão de Administração Pública de que a propositura não deva prosperar pelos motivos expostos a seguir:

As Guardas Municipais estão previstas no parágrafo 8° do artigo 144 da Constituição Federal, de modo que sua missão perante os municípios está na proteção de seus bens, serviços e instalações. Todavia, é preciso lembrar que interpretar esta missão de modo generalizado, nos termos do projeto, implicaria em permitir à GCM o uso de armamento similar ao utilizado Policia Militar.

Esta por sua vez, faz uso de armamentos de potencial destrutivo maior, por exemplo, fuzis sniper, fuzis calibre 7.62 e 5.56, regulamentados por legislação federal. Divergente ao texto da iniciativa, destacamos o parágrafo 4° do Artigo 42 do Decreto Nº 5.123, DE 1º DE JULHO DE 2004, que regulamenta a Lei Federal no 10.826, de 22 de dezembro de 2003, que dispõe sobre registro, posse e comercialização de armas de fogo e munição, “não permite a concessão aos profissionais das Guardas Municipais, o Porte de Arma de Fogo de calibre restrito, privativos das forças policiais e forças armadas”.

 *Desta forma, na visão desta Comissão, para proteger bens, serviços e instalações municipais não é necessário utilizar armamento similar ao utilizado pela Polícia Militar.

* Em face do exposto, nosso voto é *CONTRÁRIO à aprovação do Projeto de Lei n° 615/2013.* Sala da Comissão de Administração Pública, 04 de dezembro de 2013. Por fim, O projeto arquivado, após a comisssão receber as devidas informações solicitadas de quem solicitou. *AUTOR DO PROJETO ARQUIVADO.*

 *De autoria do vereador Calvo (PMDB), o texto de justificativa que o trabalho da GCM “extravaza a esfera de proteção patrimonial e precisa ser reciclada as armas que utilizam atualmente no patrulhamento por armas equiparadas à do efetivo da Policia Militar do estado de São Paulo.” Ninguém ttem duvidas disso.* Naquela ocasião, o presidente da comissão, Police Neto (PSD) entendeu também ser uma evolução importante.

“Teremos a modernização do equipamento utilizado, deixando de ser a arma Calibre.38 para a uma Calibre.40.

*Isso não invade algo que são os armamentos restritos, que deve ser exclusivo da PM e do Exército conforme define a Constituição Federal.”* Contudo,e infelizmente, prevaleceu a palavra do executivo representado por um iluminado legalista que simplesmente editou o seu parecer com as justificativas acima mencionadas.

 *Resumo: quando um gestor tem boa vontade, ele procura a solução e não os problemas.* O governo atual demonstrou isso na prática, e certamente não haverá imbróglios que implique neste processo. Falamos do Projeto de Lei (PL 615/2013), que no seu teor pedia a substituição das atuais armas de fogo e munições utilizadas pela Guarda Civil Metropolitana (GCM) para armamentos similares ao utilizado pela Polícia Militar do Estado, recebeu e na ocasião recebeu parecer favorável da Comissão de Finanças e Orçamento durante contudo após um logo percurso, foi arquivado.

 *Infelizmente o projeto foi para o arquivo mas esperamos ver em breve a maior corporação armada do Brasil, com arma de verdade.*

QUANDO UM GESTOR QUER, NÃO HÁ OBSTÁCULOS.

Estaremos de 👀👀

http//www.Facebook.com/diarionacionalazulmarinho

 *DIÁRIO NACIONAL AZUL MARINHO

HOLERITE - ELETRÔNICO

Montagem criada Bloggif

POSTAGEM